Pages

terça-feira, 4 de maio de 2010

4 - A favor do tempo

Outra semana começou. Na hora do almoço eu falava com uma pessoa a respeito do tempo e da idade.

Ela dizia: Ontem mesmo eu completei 20. Agora já passei dos 30.

E eu pensava e dizia - já que, quem me conhece, sabe que não tem como ficar muito tempo sem ouvir minha voz - que comigo estava acontecendo a mesma coisa, mas que eu ainda não cheguei nos 30. Mas não falta muito também.

Essa conversa me trouxe duas reflexões. E a que me deixou mais feliz é que mesmo que o tempo esteja passando muito depressa, eu estou "vi-vendo" ele passar. Eu estava lá, em todos os momentos. Em cada risada exagerada e em cada uma das lágrimas que correram no meu rosto ou nos dos meus irmãos/amigos/colegas.

Acho que não importa que o tempo passe, contanto que ele não passe pela gente sem que a gente perceba.

Prefiro estar a favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário